Escola Barão de Macaúbas é a melhor instituição de ensino pública de BH, segundo o Ideb

Escola Barão de Macaúbas é a melhor instituição de ensino pública de BH, segundo o Ideb

No bairro Floresta está a melhor escola da capital. Esta afirmativa não é uma questão de bairrismo, mas de comprovação técnico-científica medida pelo Ideb – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, principal indicador de qualidade do ensino brasileiro. A Barão de Macaúbas foi a única da capital que atingiu o índice esperado. Para o Ideb, a Proficiência Média (Estadual) em matemática é 258,3, e a Escola atingiu 300,2; em Português, a média é 251,8, e teve 288,1. O desempenho foi suficiente ainda para render Ao Barão de Macaúbas o título de 20ª melhor escola do país.

Para alcançar estes índices, naturalmente, a Escola teve que estabelecer um projeto focado no aprendizado do aluno com qualidade. Segundo a diretora do Barão de Macaúbas, Amélia Lúcia Botelho, o comprometimento dos professores e a participação dos pais nas atividades e reuniões é o que faz a diferença. Ela contou que o corpo docente investe muito na própria formação e, assim, a Escola tem alguns docentes com Mestrado e a maioria, com Pós-Graduação “latosensu”.

A diretora disse que a Escola explora os conteúdos básicos comuns respeitando os descritores, ou seja, estabelecem quais os conhecimentos que devem ser explorados em cada série. Também, os projetos interdisciplinares conseguem tratar os conteúdos com leveza e atraem o interesse dos alunos. O resultado é a melhoria da aprendizagem.

Outra característica da Escola é o estímulo a atividades extracurriculares. Entre elas, a Olimpíada Nacional de Matemática. Uma das medalhas de ouro do concurso nacional do ano passado foi para o estudante Artur Fernandes Papa Pereira, de 13 anos, aluno do 9º período. Esta conquista foi importante para toda instituição e principalmente para motivar e aumentar a competitividade. Amélia contou que após a conquista, os colegas de Artur se debruçaram sobre a matéria, dentro do espírito “se ele conseguiu, eu também posso”, o que ajuda no trabalho do professor e estimula os estudantes.

Na Escola Barão de Macaúbas, a leitura e análise de textos são muito trabalhados. Com isso, os referenciais teóricos e a pesquisa são os condutores do conhecimento com bases científicas. Outro aspecto muito observado pela Escola é o investimento nas competências e habilidades dos alunos e, quando percebe-se alguma dificuldade, o estudante ganha reforço no chamado “6º horário”. Também os conteúdos são trabalhados dentro de um projeto sócio-educativo, buscando preparar o estudante para a competitividade do século XXI, que exige das pessoas uma visão mais compartilhada entre sociedade, educação e conhecimento.

Amélia explicou que todas estas ações têm como objetivo mostrar ao aluno a importância do papel da escola na vida das pessoas. “Nosso aluno precisa sentir que a escola e a educação formam a base sólida do futuro dele”. Com este pensamento, vontade de dar uma efetiva contribuição ao futuro destes jovens, que a diretora enfatizou: “o resultado deste ano do Ideb foi um estímulo para nós e nossa meta é atingir índices mais altos daqui a dois anos, quando vai acontecer nova avaliação”.



Artigos relacionados

Acidentes com elevadores assustam moradores de BH

Simultaneamente à fundação da cidade, surgiu o bairro Floresta, por isso os elevadores de seus edifícios históricos necessitam de ainda

Reforçando a fama de bairro que ‘tem de tudo’, Floresta abriga uma renovadora de metais

O bairro Floresta é realmente cheio de tradições e histórias e, com o passar do tempo, o JF, que tem

Cemig investe em modernização da rede elétrica para evitar apagões durante o período chuvoso

É tempo de festas de Natal e de fim de ano, mas também de preocupações com o período chuvoso, que

1 comentário

Escreva um comentário
  1. Edlene
    Edlene 24 janeiro, 2019 , 18:02

    Oi. Conheci o predio da escola Barao de Macaubas e me encantei com a estrutura e a arquitetura do prédio da primeira metade do século XX provavelmente. Como historiadora, gostaria de sugerir q publicassem a história da instituição, considerada uma das melhores do Brasil. Já comemoraram seu aniversário, homenageando antigos funcionários e antigos alunos? Eu poderia visitar a escola juntamente com alguns alunos, fazendo intercâmbio? Já homenagearam o fundador e sua família remanescente?Obrigada.

    Responder este comentário

Escreva um comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados*